Entrevistas, Palavra de Especialista

A psicóloga Adriana Zanonato explica como deve ser feito o desfralde

 

Foto Priscilla Borges

 

Por Paula Tweedie

Qual é a idade ideal para iniciar o desfralde?

Entre os 18 e 24 meses, a criança começa a ter o controle sobre os esfíncteres, portanto, nessa época é a hora de começar a pensar no desfralde. É importante lembrar que o início do processo de controle pode ocorrer entre a idade de 1 ano e 8 meses e 2 anos e 3 meses, variando de acordo com o desenvolvimento psicomotor de cada criança.  As meninas, em geral, começam o processo antes do que os meninos.

Essa idade varia de criança para criança?

As crianças adquirem controle da bexiga e do intestino na época apropriada para cada uma delas. Elas precisam estar maduras fisica e emocionalmente, caso contrário é melhor aguardar um pouco mais para iniciar o desfralde. O controle do cocô durante o dia, depois durante a noite, e o mesmo com o xixi durante o dia e à noite, acontecem em momentos diferentes, numa sequência natural. A maioria das crianças começa dar sinais que está pronta para deixar as fraldas durante o dia entre dezoito meses e dois anos e meio de idade. O total controle da bexiga e do intestino se dá, geralmente, depois dos dois anos e meio, podendo a retirada total das fraldas à noite acontecer até os três ou quatro anos de idade. Somente devemos pensar em encoprese ou enurese, nomes técnicos para a ausência de controle esfincteriano disfuncional, após os quatro e meio ou cinco anos.

Como saber que é a hora certa?

A criança mostra, gesticulando ou mesmo falando, que está incomodada com alguma coisa, já não se sente bem com a fralda suja ou molhada. Passa a informar quando vai fazer xixi ou cocô. Começa a demonstrar interesse ou curiosidade quando ela está no banheiro com os pais. Na retirada da fralda noturna um dos sinais de que a criança está pronta para a retirada  é o  acordar seguidamente com a fralda seca .

Como o desfralde deve ser feito?

Muita calma nessa hora! Relaxe! Encoraje seu filho – as crianças precisam perceber que isso é natural e que todos passam por isso. Converse abertamente com seu filho. Utilize alguns recursos lúdicos, você pode ler algumas estorinhas que tratem do tema ou mesmo criar alguma junto ao seu filho. Pode premiar a criança com carimbos ou estrelinhas, cada vez que conseguir utilizar o peniquinho, mesmo que antes de chegar ao peniquinho tenha deixado escapar alguma coisa.

Tenha paciência com a criança e respeite o seu tempo, com naturalidade. Uma vez iniciado o processo de retirada das fraldas, é necessário que ele aconteça de uma só vez, pois se houver um retrocesso, a criança pode entender como um fracasso e se retrair. Já tendo tirado a fralda, é interessante também observar o horário que a criança geralmente faz xixi e cocô, para levá-la ao penico ou ao redutor de assento por volta dessa hora. Recomenda-se aos pais retirar primeiro as fraldas diurnas para depois, quando tiverem certeza de que a criança já está treinada , darem início ao processo da retirada das fraldas noturnas.

O processo do desfralde é longo? Quanto tempo geralmente dura?

Normalmente leva em média em torno de seis meses após o inicio do controle, para que se efetive. Em nosso clima muito variado, é sempre mais fácil fazer-se isso no período mais quente do que no inverno, muitas vezes frio é desconfortável para o treinamento da criança.

Como proceder nas vezes em que a criança não consegue avisar que precisa ir ao banheiro?

Não repreender de forma agressiva, nem castigar a criança. É importante, cada vez que a criança fizer xixi na calça, explicar para ela que o lugar certo para fazer xixi é o peniquinho ou o vaso sanitário. Leve a criança até o banheiro, faça sua higiene, envolva-a na lavagem da calcinha ou da cueca. Troque a roupa dela com naturalidade, sem estresse. No princípio, isso ocorrerá muitas vezes.

Ajuda se os pais comprarem cuecas e calcinhas temáticas, com os personagens preferidos da criança?

As cueacas e calcinhas temáticas podem ser usadas como um reforço, para que a crianças utilize o peniquinho. Por exemplo, se comprar uma cueca de um super-heroi – “o Batman”, por exemplo –  você pode utilizar isso com a criança falando-lhe que “o Batman não gostaria de ficar todo  xixizado”. 

Quais são as consequências que o desfralde prematuro pode ter?

Um dos problemas que essa postura parental pode trazer é o desenvolvimento de um sentido demasiado forte de controle, o que pode acarretar mais tarde traços de personalidade obsessiva, que sempre podem dificultar um pouco a vida dos indivíduos. Prisão de ventre também poderá, eventualmente, estar relacionada com esse tipo de postura demasiado rígida com os controles esfincterianos.

Existe um período do ano mais propício para isso?

Sim, sem dúvida durante o verão é sempre mais fácil. 

O que é mais recomendado para essa fase? Penico? Redutor de vaso?

Cada família deve escolher o processo que melhor lhe pareça, ambos são adequados e podem levar ao mesmo resultado final. O redutor de tem alguma vantagem por fazer com que a criança já se acostume, desde o início, com o vaso sanitário que irá usar pelo resto da vida. O peniquinho ainda exigirá uma transição, mas tem a vantagem de poder ser utilizado em peças diferentes da casa, o que pode ser facilitador em algumas situações.

LIVROS QUE PODEM AJUDAR NO DESFRALDE

Cocô no Trono (Charlat, Benoit)
Para aqueles que estão tentando trocar a fralda pelo trono, para os pais solidários e para os todos os interessados no assunto, um livro-brinquedo, em formato grande, com páginas reforçadas, bem coloridas e com um botão que, quando acionado, detona a maravilhosa descarga.
 
O que Tem Dentro da Sua Fralda? (Genechten, Guido Van)
Ratinho é muito curioso. Ele gosta de descobrir como tudo é por dentro. Nada escapa de Ratinho, nem mesmo as fraldas de seus amigos. Coelho, Cabrita, Cachorrinho, Bezerro, Potrinho e Porquinho, todos mostram suas fraldas. Então, claro, eles também querem ver a fralda de Ratinho. Uma grande surpresa os espera. Um divertido livro com abas sobre a grande curiosidade de um pequeno rato e sobre a passagem para o penico… 
 
A Incrível Fábrica de Cocô, Xixi e Pum (Mesquita, Fátima)
Como é que aquela deliciosa pizza e aquela limonada geladinha que você saboreou com tanto prazer se transformam em…eca!…cocô e xixi? Você vai entrar agora na “A Incrível Fábrica de Cocô, Xixi e Pum” para descobrir como tudo isso é produzido dentro do seu corpo. Conheça os “trabalhadores” que estão aí dentro separando do alimento tudo o que dá energia para fazer você correr, pentear o cabelo, jogar videogame e dar sustos nos outros. Já o resto da comida… bem, sobre isso é melhor você ler o livro para saber.

Que Cheiro É Esse? – o Livro do Cocô (Goldsack, Gaby)
Um livro magnífico, com ilustrações engraçadas, que traz uma interessante perspectiva sobre um tema natural, mas cheio de preconceitos: o COCÔ! De forma simpática e sem rodeios, as crianças aprenderão sobre esta importante necessidade de todos os animais.

Você gostou? Então compartilhe:

Tags: , , ,

36 Respostas para “A psicóloga Adriana Zanonato explica como deve ser feito o desfralde”

  1. Em 2 de maio de 2011 em 14:22 Helena respondeu com ... #

    Muito boa a entrevista.
    Acabei de fazer o desfralde do meu filho, de 2 anos e 4 meses e foi super tranquilo.
    Ao contrário do que várias pessoas e até psicólogos (como a Adriana, da entrevista, por exemplo) dizem, não pode-se iniciar e depois voltar atrás… mas conosco aconteceu, e não foi traumático.
    Tentei tirar as fraldas dele no verão, mas depois de 10 dias fazendo quase que somente xixi e cocô na calça, voltei atrás e coloquei a fralda novamente. Acho que me precipitei…
    Dois meses depois (agora), tentei novamente, pois vi os sinais, tipo “tô fazendo xixi”, ou “quero ficar sem fralda”, ou “quero usar cueca”, e deu super certo.
    Iniciamos faz 2 semanas, e são raras as vezes em que escapam xixis e cocôs. Ainda estamos na fase de ficar levando ao banheiro, muitas vezes sem que ele peça, mas acho que o início é assim.
    Tenho certeza de que, como a Adriana falou, achar o momento certo para o desfralde é fundamental, e é importante também que os pais estejam relaxados, e não passem uma pressão psicológica aos filhos, acho que eles sentem isso, aí mesmo que não dá certo.
    Beijos,
    Helena.

    • Em 2 de maio de 2011 em 18:40 paula respondeu com ... #

      Helena, muito obrigada pelo teu depoimento! E parabéns pela evolução do Matheus. Beijos.

  2. Em 3 de maio de 2011 em 15:19 Roberta respondeu com ... #

    Tenho muito medo do delfralde…O Rafael está com 1 ano e 9 meses e minha idéia é começar o desfralde com 2 anos. O problema, é que vai ser pleno inverno e mesmo em SP é bem frio…Se eu deixo para o verão, terei um problema maior pois o irmão nasce no começo de Novembro e aí não acho uma boa começar desfralde…

    O que eu faço? Encaro o desfralde no inverno? Sinceramente, estou morrendo de medo.

    Beijos

    • Em 3 de maio de 2011 em 15:25 paula respondeu com ... #

      Roberta, já encaminhei tua dúvida à psicóloga Adriana Zanonato. Vamos ver o que ela diz. Eu posso palpitar como mãe, mas não posso orientar como especialista. Beijos.

    • Em 4 de maio de 2011 em 23:36 paula respondeu com ... #

      Segue a resposta da Dra. Adriana Zanonato: “Prezada Roberta, realmente algumas questões tornam mais difícil uma tomada de decisão. Compreendo tua ansiedade, dividida que estás entre os desafios de um filho de 1 ano e 9 meses e um outro nenê que vai nascer em novembro. O frio do inverno pode dificultar um pouco o desfralde, a chegada do novo irmão trará uma série de novos desafios e ansiedades para Rafael. Nessas situações, quando estamos num dilema entre duas questões difíceis, cada mãe e pai tem que usar sua percepção pessoal do contexto em que estão inseridos, sua própria família. Somente você, Roberta, pode saber o quanto Rafael já está maduro para o desfralde e qual o melhor momento para efetivá-lo. Caso esteja já neurologicamente pronto para esse novo desafio, acredito que poderás começar a prepará-lo gradualmente, aproveitando os períodos mais quentes da primavera, mas ainda antes do nascimento de teu novo bebê. Ao mesmo tempo, preparando bem Rafael para esse acontecimento, o nascimento de seu(ua) irmão(ã), acredito que ele não precisará abandonar as conquistas que já tenha feito até o verão, podendo seguir sentindo-se orgulhoso por estar crescendo. Assim, utilizando a percepção atenta do crescimento de teu filho, tenho certeza de que vais te sair bem na tarefa de ajudá-lo no desfralde. Tua pergunta já indica que és uma mãe atenta e preocupada com o melhor desenvolvimento de teus filhos, o que certamente já é meio caminho andado para que ele possa crescer bem. Boa sorte em tua tarefa e que teu novo bebê traga grandes alegrias para todos vocês.
      Um abraço, Adriana.”

      • Em 5 de maio de 2011 em 12:09 raquel respondeu com ... #

        Comentário enviado por Chris Lima pelo Facebook: “Oi Raquel…adoro ler teu blog…sempre assuntos interessantes pra gente ler…tenho um bebezão aqui em casa que fez tres anos ontem (e dessa vez não quis mais os backyardigans de decoração e sim o Ben 10, pois já é um garotinho, rsrs) e gosto de ir me atualizando e me identificando com o blog de vcs…tava lendo agora sobre o desfralde e me lembrei do Pedro, no ultimo verão, quando tiramos a fralda dele….dá uma dorzinha ver que nosso bebê tá virando um homenzinho e ficando independente, mas é super bom ver as fases seguindo com naturalidade….Parabéns mais uma vez pelo blog e com certeza continuarei lendo sempre…” Muito obrigada, Chris!

      • Em 5 de maio de 2011 em 23:02 Roberta respondeu com ... #

        Muito obrigada pela resposta! Vou usar minha intuição!
        Beijos!

        • Em 6 de maio de 2011 em 12:33 paula respondeu com ... #

          Roberta, boa sorte!!! Não esquece de nos mandar notícias.
          Beijos, Paula.

  3. Em 4 de maio de 2011 em 18:09 respondeu com ... #

    Muito convenientes os esclarecimentos da Dra. Adriana! Como avó tenho algumas dúvidas: considerando que o meu neto tem 2 anos e 2 meses, então deve estar no mínimo se iniciando o período de desfralde. Como a temperatura mais elevada facilita o processo, então não seria muito deixar a retirada das fraldas para o princípio do verão, lá pelos 2 anos e 8 meses, não é isto? E, neste meio tempo, é válido o oferecimento do peniquinho/trono, ou é aconselhável que se aguarde o início do processo como um todo?
    Bj, Jô

    • Em 4 de maio de 2011 em 19:58 paula respondeu com ... #

      Vou repassar as perguntas… Beijos.

    • Em 5 de maio de 2011 em 13:05 paula respondeu com ... #

      Segue resposta da Dra. Adriana: “Preste atenção a alguns sinais em seu neto: ele já identifica e manifesta interesse em explorar os objetos do banheiro, como o vaso, o peniquinho, a descarga ou o papel higiênico? Esses podem ser sinais importantes de que está chegando a hora. Outros sinais aparecem quando a criança comunica que está com a fralda molhada ou suja. A criança pode também começar a demostrar incômodo com o uso das fraldas. Esses são todos sinais de que a criança pode estar madura para o início do desfralde.Deixe que ele escolha o vaso com o redutor ou o peniquinho e escolha dias de temperatura mais amena, quem sabe durante a primavera, para iniciar o processo. Enfim, confie no potencial de crescimento de seu neto e boa sorte! Um grande abraço, Adriana.”

  4. Em 4 de maio de 2011 em 22:11 christiane thibes respondeu com ... #

    Gostei muito da entrevista da Dra Adriana. Tenho um bebe de 4 meses, claro que ainda estamos longe dessa fase, mas toda informação à uma mãe de primeira viagem é importante. abs

    • Em 4 de maio de 2011 em 23:35 paula respondeu com ... #

      Christiane, informação nunca é demais, né? Até porque o tempo passa rápido. Tu vais ver… Curte bem o teu bebê, porque eles crescem muito depressa! Beijos.

  5. Em 24 de maio de 2011 em 20:38 Alana Porto Alegre respondeu com ... #

    Penso que as diferentes etapas, onde novas exigências se apresentam, algumas ansiedades se afloram, pra mim o mais importante foi não ter pressa, meu filho desfraldou com 2 anos e 9 meses, esperei o verão e a minha guria 2 anos 4 meses, foi tranquilo. Particularmente não concordo com penico pela casa, acho que como tudo, tem o lugar certo.
    Alana

    • Em 24 de maio de 2011 em 22:34 raquel respondeu com ... #

      Alana, sem dúvidas que devemos esperar o tempo certo, que é o tempo do organismo dos nossos pequenos. O Frederico está com 2 anos e 3 meses, e usando fraldas. Acho que só vou conseguir desfraldá-lo quando chegar o verão novamente… Mas não estou nem um pouco ansiosa com isso! Beijos.

    • Em 25 de maio de 2011 em 0:01 paula respondeu com ... #

      Alana, talvez em função da praticidade das fraldas plásticas, também tô bem tranquila em relação ao desfralde do Santiago. Vou deixar para o próximo verão. Beijos.

  6. Em 15 de setembro de 2011 em 13:14 Andreia respondeu com ... #

    Olá. Meu filho está com 2 anos e 5 meses. E ainda usa fraldas, moro no RS (leia-se: frio, rsrsrs), então queria esperar o verão mesmo, mas verão mesmo aqui acho que só por novembro. Mas ele apresenta todos os sinais citados na entrevista. Assim que faz cocô, ele vem logo me dizer, pois não gosta de ficar com o cocô grudado no bumbum. Mas quanto ao xixi, não fala nada, vivo dizendo pra ele que se ele não gosta do cocô grudar no bumbum deve pedir para ir no vasinho (vaso), e toda vez que vou ao banheiro (vaso), ele me acompanha e mesmo de roupas e fralda senta no vasinho dele e pega um pedacinho de papel higiênico para se limpar. Gostaria muito de iniciar o desfralde agora. O que você me aconselha?

  7. Em 23 de fevereiro de 2012 em 18:55 Dayana respondeu com ... #

    Olá! Meu filho está com 2 anos e 7 meses, fazem dois meses que estou tentando faze-lo entender onde ele deve fazer o xixi e o cocô, mas ele se esconde toda vez que faz na roupa e fica envergonhado, já até dei brinquedo e balas porque ele fez xixi, mesmo na roupa, para ver se ele perdia a vergonha, mas não deu certo. Outro dia ele se escondeu embaixo da mesa porque tinha feito cocô e não queria que eu visse. O que devo fazer?

    • Em 23 de fevereiro de 2012 em 19:20 raquel respondeu com ... #

      Dayana, vou verificar com a psicóloga Adriana Zanonato e te dou um retorno, ok?

  8. Em 22 de março de 2012 em 1:09 paula respondeu com ... #

    Dayana, segue o retorno:

    “O controle esfincteriano é sempre um desafio para pais e crianças. Através dele as crianças vão obter um pouco mais de autonomia e auto-suficiência.Normalmente as crianças com dois anos e sete meses já estão em condições de iniciar seu aprendizado do controle esfincteriano. Nesse caso, algo está interferindo, fazendo com que essa criança esteja vivenciando de modo vergonhoso seu descontrole. Seria útil buscar usar recursos lúdicos que possam tornar mais natural para essa criança esse processo. Existem vídeos na internet como coricocó – a história do cocô, que mostram de modo divertido como se dá esse processo. Muitos outros livrinhos, historinhas e filmes podem ser utilizados para quebrar essa visão negativa dessa criança. Às vezes a preocupação dos pais pode também dificultar esse processo. No caso de persistir por muitos meses essa conduta, sugiro consultar um profissional.Um abraço, Adriana. “

  9. Em 20 de maio de 2012 em 21:09 Noerci Corbari respondeu com ... #

    Minha neta com 5 meses já usa o troninho. Alguém falou que não é aconselhável fazer cocô no troninho. É verdade?

    • Em 23 de agosto de 2012 em 14:38 paula respondeu com ... #

      Segue retorno da psicóloga Adriana Zanonato: “Noerci, realmente é um pouco cedo para começar a usar o troninho. Antes de um ano e meio a dois anos a criança ainda não tem condições de estabelecer o controle esfincteriano, portanto estar no troninho será apenas um tempo de desconforto desnecessário. Cada mudança tem seu tempo, não devemos querer antecipar etapas. Respeitando-se o ritmo do desenvolvimento, a criança cresce mais tranquila e feliz. Aguarde um pouco, verá que tudo será mais fácil no tempo certo. Um abraço, Adriana.”

  10. Em 29 de maio de 2012 em 22:11 tania respondeu com ... #

    Minha filha está com 3 anos e 10 meses, e tem feito xixi na calça praticamente todos os dias na escola. É possivel ela estar com Enurese? Em casa, às vezes ela também faz, mas é mais difícil porque corre sozinha para o banheiro. Estou preocupada, podes me dar uma orientação por favor.
    Tania

    • Em 23 de agosto de 2012 em 14:37 paula respondeu com ... #

      Segue retorno da psicóloga Adriana Zanonato: “Tania, podemos considerar a possibilidade de enurese quando a criança tem mais de quatro anos e meio ou cinco de idade. Até então, considera-se natural que haja algum escape durante o dia e, principalmente, à noite. Mas o fato de estar acontecendo todos os dias indica que ela pode estar expressando algum estresse, talvez se sentindo angustiada com algo na escola. Vale a pena conversar mais com ela e verificar se está sentindo algum desconforto junto aos colegas ou professores. Observe sua evolução e, caso persista essa situação, talvez seja útil consultar o pediatra. Um abraço, Adriana.”

  11. Em 3 de junho de 2012 em 22:11 Maíra respondeu com ... #

    Comecei o desfralde do meu filho de 2 anos e 5 meses há 5 dias. No primeiro dia foram 5 xixis e um coco. No segundo 2 xixis e o coco (que antes dessa empreitada acontecia 3 vezes por dia) só veio quando coloquei a fralda a noite. E a partir daí nada de coco nem xixi na cueca. O coco na fralda da noite e o xixi no banho, no penico e na privada (menos vezes ao dia) e com muito estress…
    Está super travado. Teve febre, está nervoso…
    Comprei livro, leio Historinha quando ele esta no pinico, mas está muito difícil. E as cuecas continuam secas!
    O que devo fazer?!

    • Em 23 de agosto de 2012 em 14:36 paula respondeu com ... #

      Segue retorno da Dra. Adriana Zanonato: “Maíra, talvez o problema já esteja resolvido quando te escrevo, pois estive muito ocupada com minhas atividades profissionais nessas últimas semanas. Mas realmente é muito comum que as crianças, quando iniciam o desfralde, apresentem períodos transitórios de retenção da excreção ou mesmo alguma manifestação de constipação. São tentativas de controle e manifestações do estresse diante das mudanças propostas. Geralmente são passageiras, logo a criança normaliza suas funções excretórias. Caso isso ainda não tenha acontecido, entra em contato conosco. Um grande abraço, Adriana.”

  12. Em 17 de julho de 2012 em 16:14 michele respondeu com ... #

    Oi, meu filho está com 2 anos e 9 meses e está sem fraldas diurnas há 7 meses, tem dias que deixa escapar e às vezes fica a semana inteira sem nenhuma escapada, porém não faz cocô fora da fralda, quando tirei a fralda ele fazia no banheiro ou no penico, mas de repente parou, segurando o dia todo e qdo coloco a fralda para dormir ele faz cocô… ele vai para a creche e as educadoras dizem q lá ele tbém não faz e q não aconteceu nenhum “evento diferente”… converso com ele todos os dias, já contei estórinhas, já prometi recompensas mas nada funcionou. quero tirar a fralda noturna, mas moro em Curitiba e faz muito frio nesta época do ano, não sei o q fazer…

    • Em 23 de agosto de 2012 em 14:34 paula respondeu com ... #

      Segue retorno da psicóloga Adriana Zanonato: “Michele, estou te respondendo apenas agora, pois estive envolvida com atividades profissionais que me impediram de fazê-lo antes. Já estamos chegando na Primavera e espero que o clima também esteja melhor aí em Curitiba. A Primavera é sempre melhor para se poder retirar as fraldas de uma criança. Talvez teu filho já tenha resolvido o problema que relatastes, pois eles são, muitas vezes, reações transitórias de adaptação a uma nova fase. Caso ainda não tenha modificado seu comportamento, volta a entrar em contato conosco. Um abraço, Adriana.”

  13. Em 23 de julho de 2012 em 23:30 Marilia respondeu com ... #

    Meu filho começou com a escola, estava quase com 3 anos e vinha dando super certo com o xixi, mas com o cocô ele ainda recusava sentar no vaso. Ai ele agora retrocedeu e a alguns dias eu venho percebendo ele não mais pedindo pra fazer xixi e fazendo na calça. Ai sempre fiquei achando que ele não queria sair da brincadeira. Hoje ele sabia que iria fazer xixi e simplesmente recusou-se a ir ao banheiro. Disse que não queria, que não iria.. chorou e fez na roupa mais uma vez. Estou sem saber o que fazer.

    • Em 23 de agosto de 2012 em 0:30 Vania respondeu com ... #

      Ola.. o meu filho tambem esta com os mesmos “sintomas”.. me dia uma coisa.. da data que tu postou esse comentario pra o dia de hoje mudou algo?? Como esta a situacao?? O meu filho esta faendo xixi na calca.. e parace que esta regredindo neste ponto de xixi banheiro.

  14. Em 29 de agosto de 2012 em 12:48 Caroline respondeu com ... #

    Boa tarde Dra. Adriana, comecei o desfralde do meu Davi ( 2 anos e 7 meses) há 3 dias… ele já entende que é um homenzinho igual ao papai, e que portanto já está na idade de usar cuecas, mas ainda não pede para fazer suas necessidades. Tenho levado ele no banheiro quase que de 15 em 15 minutos e ele aceita numa boa, faz o xixi em pé… no penico . Só o cocô que ainda não consegui convencê-lo. Ele faz na cueca e só depois o levo no banheiro e ensino como deve fazer. Estou enfrentando um pouco de resistência na creche dele, imagine que ele fica a tarde toda no colégio… e a professora quer que eu continue a mandar fraldas! Diz que o desfralde deve ser realizado em casa etc… porque são muitas crianças e eles não tem como dar a atenção devida… mas não estou satisfeita, primeiro porque não quero que todo esse processo de desfralde seja interrompido no período da tarde, e segundo porque pago muito caro ao colégio dele para eles se esquivarem desse trabalho. O que devo fazer? Obrigada pela atenção!

    • Em 30 de agosto de 2012 em 13:53 paula respondeu com ... #

      Caroline, segue retorno da especialista Adriana Zanonato: “Caroline, o processo de desfralde está apenas começando. Davi tem apenas dois anos e sete meses, tem muito tempo ainda para completar esse processo. Você não precisa passar o dia levando ele no banheiro de 15 em 15 minutos – assim vocês vão passar o dia todo no banheiro! Vá com calma, no tempo dele ele irá aprender. Talvez seja difícil para a creche realizar esse processo do mesmo modo que estás fazendo, eles lidam com várias crianças. Utiliza os finais de semana para ensiná-lo, aos poucos ele irá aprender. Confia no processo de maturação do Davi, ele certamente vai se completar no tempo adequado. Muita pressão, às vezes, pode dificultar o aprendizado. Leva a coisa mais light e com bom humor, brinca mais com o assunto e não apressa tanto ele. Faz somente três dias que começaste o processo. Acredito muito que Davi estará dando conta desse desafio dentro de algumas semanas. Um grande abraço, Adriana”

  15. Em 14 de setembro de 2012 em 21:20 Fabiana Santos respondeu com ... #

    Ola, comecei o desfralde do meu filho ( 2 anos e seis meses) ha 5 dias no começo ele teve muita resistencia não queria comprei um redutor de vaso de personagem dos carros para incentiva-lo ate que ele aceitou a começar a sentar para fazer o xixi, tenho levado de 15 em 15 minutos ele ate vai para o banheiro mas não faz ….. hora fala que ja fez e sai do banheiro hora fica brincando mexendo em uma coisa e outra e fala que não quer fazer….., e qdo menos espero la vem as escapadas, ele não faz de jeito nenhum no banheiro ….
    Ele esta na escolinha e la a professora fala que o desfralde esta fluindo bem que ele faz direitinho no banheiro….
    Dra. Adriana isso é normal?
    obrigada….
    Bjs….

    • Em 24 de setembro de 2012 em 23:48 paula respondeu com ... #

      Segue retorno: “Prezada Fabiana, é muito cedo para poderes ter um resultado de teu esforço em organizar o controle esfincteriano de teu filho. Ele ainda é muito pequeno e pode precisar algum tempo para amadurecer essa função. Não creio que ajude, nem a ele nem a ti mesma, ficares levando ele a cada quinze minutos para o banheiro – isso vai ser cansativo para ambos. Tenha um pouco de calma e dê tempo ao teu menino, aos poucos ele vai se organizando. Um grande abraço, Adriana”

  16. Em 24 de fevereiro de 2013 em 11:10 Michel Azeredo respondeu com ... #

    Meu filho tem 5 anos, parou de usar fraldas á 3 anos durante o dia, tiramos e ele deu algumas escapadas, mas depois foi tranqüilo, até que um dia ele pediu para dormir sem fraldas ! e pronto ! nunca mais xixi na cueca nem na cama !!! nenhuma escapada….
    Mas por outro lado o COCO continua sendo uma tragédia ! ainda fica se escondendo para fazer na cueca, quando vejo ele esta em um canto se espremendo para fazer na cueca !
    já tentei trocar por presentes ! brinquedos ! brigar ! apanhar ! castigo ! passeios ! video game ! e nada funciona !!
    PRECISO DE AJUDA ! NÃO SEI O QUE FAZER NEM PARA QUEM RECORRER….

    a unica coisa que sei é que não sei mais o que fazer !
    Alguem pode me indicar uma psicóloga em PORTO ALEGRE ?

    • Em 5 de março de 2013 em 15:15 paula respondeu com ... #

      Michel, passei o contato da Adriana Zanonato por e-mail.

Dê sua resposta