Borboletas e corações na festa de Nina e Martina

Foi assim o convite dessa festinha linda e diferente:

“Era uma vez duas borboletinhas, uma chamada Nina e a outra chamada Martina que escolheram o mesmo dia para nascer… mas com dois anos de diferença!!!

Dia 07 de dezembro de 2012, às 19 horas, elas resolveram que seria incrível comemorar com toda sua família e amiguinhos o DIA DAS BORBOLETAS!!!”

“A mãe da Martina é minha amiga há muito tempo. Planejamos ficar grávidas juntas do primeiro filho. Eu engravidei no primeiro mês de tentativa da Mel e ela 5 meses depois do Lucca. Não foi tão próximo como queríamos, mas pudemos criar nossos dois filhotes juntos… Viajamos… Enfim, viramos super dindas! E os dois são amigos, colegas no colégio e parceiros! Planejamos então a Nina, que nasceu 5 anos e meio depois da Mel no dia 3 de dezembro de 2008. Ela veio um pouco antes do planejado… Era para ser dia 29 de dezembro. E a Lili entre algumas mudanças na vida descobriu que estava grávida novamente, a Martina estava a caminho e o nascimento seria para metade de dezembro. Aquelas coisas incríveis da vida… Ela entrou em trabalho de parto, foi para o hospital e, assim como a Nina, nasceu na madrugada do dia 3 de dezembro… Exatamente 2 anos depois,” conta Vanessa Trombini, profissional responsável pelo Studio do Brinquedo (local de atividades para crianças dentro da ALJ) e também decoradora de festas.

“O salão escolhido foi o da churrasqueira do Juvenil, pois assim as crianças sairiam do Studio do Brinquedo no final do dia direto para a festa! Praticidade para os pais… E como a Martina entrou para o Studio do Brinquedo também, achamos que seria uma ótima ideia comemorar juntas, afinal a maior parte dos nossos convidados são sempre os mesmos (temos muitos amigos em comum e sempre convidamos as famílias uma da outra) e os convidados das nossas meninas (amiguinhos) também! Começamos pensando na praticidade visto que dezembro é lotado de eventos. No fim virou uma curtição… Como não tínhamos pensado nisso antes?”

“Fomos produzindo todos os detalhes: caixinhas, latinhas… Como trabalho com festa fica fácil! E a Lili é uma artista! Trabalha com scrap e costuras… Faz coisas incríveis!”

“A festa já estava com tema definido pela Nina. Ela queria corações e borboletas… Decidiu isso depois do Dia das Mães no Juvenil em que ministrei para as crianças uma oficina de corações com arame e miçangas. A Mel continuou fazendo corações em casa, e a Nina decidiu que a Mel faria corações para decorar a festa dela de 4 anos que seria de borboleta. Por que borboleta??? Não lembro muito bem como isso começou… Mas acho que é porque sempre dizemos para ela que ela é nossa borboletinha, sem dúvida uma irmã mais velha deve ter tido influencia…”

“Amoooooo o tal verde italiano, como nomeou meu afilhado Lucca (irmão da Martina). Já tinha guardada a rendinha, intocada, dessa cor fazia uns dois anos… Comprada naqueles momentos: talvez eu nunca mais encontre esta cor!!! Seria diferente usar este tom. Gosto de fugir do comum… Encontrei então um guardanapo floreado que tinha exatamente as cores que queria… E foi a partir do guardanapo que tudo foi se encaixando…”

“Não queria que a festa parecesse de decoradora. Gosto de coisas diferentes!”

“A intenção era dar uma cara de festa caseira e a Lili topou minhas ideias: mesa de caixotes, tule, luzinhas, bolo de chocolate da nonna da Nina e bolinho pretzel da vovó Duda da Martina…”

“Não podiam faltar os biscoitinhos e pirulitos de alfajor personalizados e deliciosos da Kika Pradel. E, como nossas boboletinhas são mega miúdas, ainda mais a Martina, pensamos em dois bolinhos pequenos e delicados como elas!”

“No cardápio tinham coisinhas de criança como cachorrinho, pão de queijo e sanduichinho…”

“Havia, também, suco e água aromatizada…”

“No dia da montagem, os dindos das aniversariantes e a minha super cunhada nos ajudaram.”

“O serviço foi feito pela equipe do Abreu Eventos, meus super parceiros.”

“De lembrancinha: asinhas de borboleta para as meninas e capas para os meninos (essas feitas por mim).”

“Foi o máximo… No meio da festa todos já haviam virado borboletas! A ideia da festa era brincar, brincar e brincar!!! E foi isso que as crianças fizeram… A noite estava linda e os pequenos aproveitaram muito. Brincaram naquele estilo de antigamente: sem eletrônicos, sem mega brinquedos… Tudo criado pela fantasia dos nossos pitocos! Foi como imaginamos!!! Tinham muitas borboletas nessa festa, uma mais linda do que a outra…

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *