Brinquedos antigos na decoração do aniversário

Quem acompanha o Mães à Obra sabe que a Raquelzita e eu adoramos festas com jeitinho de antigamente. Aniversários menores, mais aconchegantes e personalizados. Valorizamos os livros de receita de família, os brinquedos de madeira e tudo que contribua para o clima “a festa é no jardim daqui de casa. Podem entrar…” Sabem assim? Foi por isso que pedi pra Pri Borges, fotógrafa do evento, para mostrar para vocês as imagens desse aniversário tão alegre e querido … Espero que gostem!

“Os preparativos começaram aproximadamente quatro meses antes, quando o pai do Pedro Frederico e eu compramos alguns brinquedos de madeira (carrinho, trenzinho e alguns jogos lúdicos) e um pião sonoro, surgindo aí a ideia de utilizarmos todos na festa de aniversário”, conta a mamãe Eliza Ferretti.

“A escolha do tema foi resultado do desejo de ter uma festa linda, que trouxesse a todos a experiência da infância, explorando o universo lúdico infantil e adotando como tema brinquedos com os quais hoje em dia as crianças não têm tanto contato, como pião, bambolê, carrinho-de-mão, peteca, ioiô, biboquê, monóculos, além de brinquedos de madeira. Assim, o tema escolhido foi ‘brinquedos antigos’.”

“O Pedro Frederico adora brincar com carrinhos, bolas e animais de fazenda/selva. O aniversário, portanto, foi uma oportunidade também para que ele diversificasse um pouco o seu universo, fazendo contato com piões, petecas, bambolês…”

“Como mãe do aniversariante, também quis participar dos preparativos para o grande dia. A decoração foi da Ana Maria Amorim, da AMA Eventos. Ela conseguiu reproduzir exatamente (e ainda melhorar) o que eu havia imaginado para a festa do Pedro Frederico, algo bem colorido, gostoso, com jeito de festa em casa e, ao mesmo tempo, cheio de detalhes especiais, que trouxeram alegria aos olhos das crianças e memórias agradáveis aos adultos…”

“Usamos muitos brinquedos de madeira, como aviões, carrinhos, trens, biboquês, também petecas, bambolês, pião, balões, lego, dominó, pandorgas, e até ursos de pelúcia estilo Teddy Bear. E os elementos em biscuit bem coloridos, utilizados em caixinhas decorativas, deram um charme especial à mesa.”

“O aniversário foi no salão de festas do meu edifício, porque pretendia um ambiente mais pessoal, sem os brinquedos das casas de festas que, à época, ainda não seduziam o aniversariante, então com dois aninhos.”

“Usamos as cores primárias (verde, vermelho e azul), o marrom, o creme e o laranja. Na verdade, a escolha das cores começou pela seleção dos papéis, mimos e fitas que seriam utilizados no bolo, que foi confeccionado por mim, mãe do aniversariante, com todo carinho do mundo, carregando assim as melhores energias e desejos para o Pedro Frederico. Geralmente, tenho um estilo bem mais tons pastéis, mas ao planejar a festa do Pedro Frederico senti a necessidade das cores que traduzissem vida e acabei convencida de que vale inovar sempre, utilizando combinações até mesmo um pouco inusitadas. Adultos e crianças aprovaram o resultado!”

“Não contratamos recreacionista para o aniversário. A ideia era que todos os adultos interagissem com as crianças e também entre si, por isso, em todas as mesas foram colocados brinquedos de montar da época da infância de nossos pais e avós para que os adultos se divertissem e brincassem durante a festa, ensinando aos menores como fazer. Foi uma delícia! Todo mundo adorou a ideia e os pais introduziram no universo de seus filhos novos brinquedos antigos”.

“Foram servidas comidinhas típicas de festa infantil como cachorrinhos, pão-de-queijo, salgadinhos, docinhos, bolo… Para beber, muita água, sucos, refris e espumante.”

“O que mais nos importava era reunir a família e os melhores amigos em um ambiente gostoso, alegre e de bom gosto, fazendo o Pedro Frederico saber que comemorar um aniversário entre as pessoas queridas é sempre o melhor presente.”

“Não fizemos uma festa para comemorar o primeiro aninho do Pedro Frederico, apenas um bolinho em família. Resolvemos esperar para fazer uma bela festa aos dois aninhos para que ele aproveitasse bastante. E valeu muito a pena esperar… A festa foi realmente um sucesso. O Pedro Frederico já estava maduro para entender o que acontecia e se divertiu muito! Curtiu cada momento, se deliciou com as guloseimas, explorou os brinquedos da mesa, brincou com os amigos… Foi perfeito!”

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *