Receitas da nutricionista Andrea Camboim Garcia para o findi

Um post que até hoje tem repercussão é o da nutricionista Andrea Camboim Garcia sobre alimentação infantil

E é por isso que pedi para a Deia apresentar uma sugestão de refeição saudável para o findi depois da Páscoa…

Curiosas para saber o que a nutricionista sugeriu? Papel e caneta na mão e mães à obra!

Foto: Priscilla Borges
“Este peixe é especial porque não deixa cheiro na casa e as crianças podem comer já que não tem espinhas”, diz Andrea.
Cardápio
* File de Saint Peter assado
* Batatinhas assadas
* Salada de soja colorida
* Suco de maracujá com morango
Modo de fazer
Peixe: colocar o peixe em um marinex temperado com sal temperado para frutos do mar, regar com azeite de oliva e limão
Batatas: pré-cozinhar as batatas com água e sal. Depois, colocar junto do peixe regado também no azeite de oliva, tempero verde e queijo ralado. Levar ao forno até ficar dourado o peixe. As batatas e o peixe devem ficar bem branquinhos.
Atenção!!! Não virar o peixe pois ele é muito macio e desmancha.
Sugestão: esse peixe é tão molinho que pode até ser cortado cru com forminhas de biscoito de bichinhos!
Salada de soja grão: deixar a soja de molho, depois colocar na panela de pressão. Quando esfriar, tirar as casquinhas e juntar azeitonas verdes e roxas, tomate cereja e cebola roxa (colocar a cebola na água quente para tirar a acidez). Depois é só temperar a gosto.
“De sobremesa que tal aproveitar o chocolate que o coelho deixou? Mas é preciso ler o rótulo!!! Nos ingredientes é preciso que esteja manteiga de cacau e não gordura hidrogenada, já que este ingrediente não faz bem para nossos filhos”, completa a nutricionista.

Sobre Nós

Sobre Nós

Ao entrar no mundo da maternidade, entre brumas de fraldas, mamadas e tip-tops, descobrimos novas amizades, que foram muito importantes nessa fase tão diferente e fascinante da vida. Da troca de emails diária com um grupo de colegas da hidroginástica de gestantes, do qual fazíamos parte, surgiu a ideia desse site. A vontade de escrever, de dividir dúvidas e acertos, de ajudar a deixar ainda mais colorida a relação entre mães e filhos é o motivo de existência do Mães à Obra.

Esperamos que vocês, que choraram de felicidade ou medo ao ver o resultado do exame de gravidez, se identifiquem com a gente, porque acreditamos que por mais diferentes que sejam as mães (e nós somos opostas em quase tudo, vocês vão ver), no fundo, queremos sempre a mesma coisa: a felicidade dos nossos pequenos.

Paula Tweedie
Jornalista, 31 anos,
mãe do Santiago,
nascido em 01/03/2009.
Raquel Pötter Guindani
Engenheira agrônoma, 36 anos,
mãe do Frederico,
nascido em 20/02/2009,
e mãe da Valentina,
nascida em 26/07/2011.

Somos de Porto Alegre, RS.