Regras de etiqueta para festas infantis

O texto de hoje não é de nenhum especialista. São os meus pensamentos sobre como devemos nos portar em relação aos compromissos sociais dos nossos filhos. Tenho muitas dúvidas também, e adoraria saber a opinião de vocês sobre tudo isso. Por favor, não deixem de comentar, pois isso é que vai enriquecer a abordagem do tema!

Depois que o Frederico nasceu, fui apresentada a um novo tipo de convívio social e celebrações: as festas de aniversário de crianças. E, como tudo que é novo na vida da gente, percebi que eu tinha muito a aprender. E ainda tenho.

Vamos por partes:

1)   Quando estamos organizando a festa do nosso filho, a quem endereçar o convite? Lembro que no aniversário de 1 aninho do Frederico, eu achei que se colocasse apenas o nome da criança no convite estava implícito que os pais estavam convidados também, mas não foi o que aconteceu, e algumas amigas minhas acabaram comparecendo à festa somente elas com os filhos, sem os maridos, que não se sentiram convidados. Chato, né? É claro que uma criança pequena nunca vai ir desacompanhada a uma festa, mas então como fazer para que ambos os pais se sintam convidados? Colocar “Fulaninho e família”? Ou “Fulano pai, Fulana mãe e Fulaninho”? Sinceramente, continuo achando mais simpático colocar somente o nome da criança, até porque geralmente os convites são pequenos e têm pouco espaço para escrever. O que vocês acham?

2)   Seguindo nessa reflexão de quem deve ir acompanhando a criança nos aniversários: geralmente, quando o Frederico tem aniversários de colegas da escola, eu e meu marido vamos com ele. Às vezes, quando é durante a semana, meu marido não consegue ir junto, e acabamos indo na festa só eu e o meu filhote. Pois é, mas um dia conversei com uma conhecida minha, mãe de dois filhos (que não estudam na mesma escola do Frederico), e ela me disse que a “regra” na escola do filho dela era que em aniversários de coleguinhas, a criança deveria ir acompanhada apenas de um adulto (o pai ou a mãe ou a babá). Achei super estranho, nunca tinha ouvido falar nisso. Vocês conhecem essa regra?

3)   O RSVP: genteee, esse eu nem preciso consultar especialista em etiqueta para saber que é óbvio que, se o convite está pedindo confirmação de presença, temos que responder, né?! Normalmente os pais pedem essa confirmação porque precisam avisar ao responsável pelo buffet o número de pessoas que irão à festa, e – o mais importante – os anfitriões pagam pelo número de pessoas que confirmam. Assim, temos que ser educados e mandar um email ou telefonar, normalmente com uma semana de antecedência, confirmando ou não a nossa presença na festa. Pela minha experiência, mais ou menos a metade das pessoas não atende ao RSVP.

4)   Quando não comparecemos a um aniversário, eu sempre mando na semana posterior à festa um presente com cartão para o aniversariante. Se for da escola, peço para a professora colocar na mochila da criança; se não, deixo na portaria ou na casa da pessoa. Para mim, isso sim, sempre foi uma regra básica de educação. Mas já vi que não é assim que funciona. Lembro que, antes de eu ter filhos, uma amiga que já tinha duas filhas me disse que eu era uma das únicas pessoas que fazia isso, que vai ver era porque eu fui criada no interior, rsrs. O que vocês pensam sobre isso? Sinceramente, acho super estranho ser convidada para uma festa, não comparecer (às vezes nem responder ao RSVP), e ainda por cima não mandar nem um cartão ou agradinho depois!

Sempre penso que nós somos o exemplo que nossos filhos irão seguir, por isso tomo muito cuidado em mostrar para o Frederico e a Valentina que nós nos importamos com os outros,  que temos de ser gentis, e que existem algumas regras de convívio social que devem ser seguidas. Em um mundo cada vez mais sem gentileza, em que nos sentimos muitas vezes em meio a uma barbárie, em que parece que tudo o que é civilizado está ruindo, tento plantar na cabecinha deles que, se cada um fizer a sua parte, o futuro poderá ser melhor. E mais educado.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *